Invista em Goiás » Política de incentivos
Política de incentivos »

Fábrica de alimentos em Rio Verde-GO. Foto: Arquivo Agecom.

O Estado de Goiás não para de crescer. O governo tem investido profundamente na construção e consolidação de novos negócios de modo a beneficiar desde o micro empresário até as grandes cadeias internacionais. Para isso, conta com uma série de programas de fomento à economia, que incentivam o empreendedorismo e a inovação, a exemplo do Banco do Povo, modelo de referência em geração de emprego e renda, por meio do financiamento de máquinas, equipamentos e utensílios para o desenvolvimento do negócio próprio.

Paralelo a isso, Goiás desenvolve programas específicos à indústria como o Produzir e o Funmineral, que além de incentivar a implantação, expansão ou revitalização de negócios, acreditam no potencial de desenvolvimento tecnológico sequente às cadeias por eles servidos. O Estado trabalha também em parcerias com o governo federal para aplicar recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste, gerando impactos dinâmicos na diversificação e modernização da estrutura produtiva. Mais ainda, desenvolve projetos de cooperação internacional para estimular a instalação de novos empreendimentos no Estado, ao passo que promove os produtos goianos na pauta de exportação brasileira para outros países.

Balança comercial

As exportações goianas têm crescido acima da média brasileira nos últimos anos. Enquanto as vendas externas brasileiras cresceram 31,5% no primeiro semestre de 2011 em relação ao mesmo período de 2010, as de Goiás expandiram 36,3%, em um somatório de US$ 3,269 bilhões. As importações, por outro lado, em virtude da apreciação do real diante do dólar, somaram US$ 3,007 bilhões, crescimento de 31,8% em relação ao mesmo período do ano anterior. O saldo apurado no período, a partir deste cálculo, também se mostrou superior se comparado a 2010, apresentando um total de US$ 262,506 milhões.

Principais compradores 2010-2011. Fonte: MDIC - Sepi-Segplan.